Skip to content

BTB 37: EHS e os novos skidders da série E

No início de 2014, a Tigercat lançou os skidders da série E. Disponíveis na América do Norte e na Europa, os skidders 620E, 630E e 635E são alimentados pelo motor Tier 4i FPT N67 da Tigercat. O 620E tem uma potência de 164 kW (220 cv) e os dois modelos maiores de 190 kW (260 cv).

Em 2014 foram lançados os skidders da série E. Disponíveis na América do Norte e Europa, os skidders 620E, 630E e 635E são alimentados por motor Tigercat. O 620E tem potência de 164 kW e os dois modelos maiores de 190 kW.

Os motores FPT Tigercat cumprem os níveis rigorosos de emissões Tier 4 sem a necessidade de turbocompressores de geometria variável, um sistema EGR, um sistema de arrefecimento de maior capacidade, um corpo de acelerador ou um filtro de partículas diesel. Como resultado, os motores oferecem maior confiabilidade e menores custos de manutenção a longo prazo. O maior benefício para os proprietários de máquinas Tigercat é o fato de os motores serem completamente suportados pela Tigercat e pela rede de distribuidores da Tigercat, incluindo todas as peças, serviço, garantia e suporte técnico.

O skidder 620E de Warren Brantley equipado com EHS arrastando um feixe de madeira em um local de trabalho.

O skidder 620E de Warren Brantley equipado com EHS

Os outros mercados de skidders da Tigercat, incluindo a Austrália, Nova Zelândia, Rússia e América do Sul, continuarão recebendo skidders da série D equipados com Cummins Tier 3 no futuro próximo.

O 620D/E e o 630D/E são adequados para a grande maioria das aplicações de arrasto de alta produção do mundo — usados geralmente em aplicações de corte raso e de desbaste de plantações, solo íngreme e solo pouco firme. O 635D/E com tração nas seis rodas e com a sua grande distância entre os eixos, baixa pressão no terreno e garra massiva foi concebido para transportes longos, cargas extremamente pesadas e terreno pouco firme ou íngreme. O 635D/E também está aprovado para uso em aplicações exigentes e de ciclo de trabalho alto de escarificação de solo.

Opção EHS para a série 620

O sistema de acionamento EHS (Efficient High Speed – Alta velocidade eficiente) da Tigercat é semelhante ao sistema de deslocamento hidrostático padrão na medida em que os dois motores de deslocamento variável estão inseridos na caixa de transferência Tigercat. As hastes de saída dianteira e traseira estão conectadas diretamente aos eixos dianteiro e traseiro. No entanto, a semelhança termina aqui. A EHS é capaz de proporcionar a força de tração da relação de redução mais profunda oferecida pela caixa de transferência padrão da Tigercat, bem como a velocidade máxima da relação de redução mais superficial oferecida pela caixa de transferência padrão. Isso é realizado com lógica computacional mais sofisticada, além da habilidade de desconectar um dos motores de acionamento quando não é necessária uma força de tração alta. Nesse caso, todo o fluxo da bomba é direcionado para um motor hidráulico, aumentando a velocidade de deslocamento e a eficiência do motor. Quando as condições de operação exigem uma força de tração alta, ambos os motores hidrostáticos entram em funcionamento. Quando os requisitos de força de tração são mínimos (por exemplo, em deslocações sem carga), todo o fluxo da bomba é direcionado para um motor, para velocidades de deslocamento mais altas. A Tigercat agora está oferecendo a opção EHS nos skidders da série 620D/E. Estudos de campo iniciais indicam excelente produção e economia de combustível em terreno relativamente plano, onde a máquina é capaz de operar completamente carregada em um motor de acionamento durante uma parte significativa do ciclo de trabalho. Warren Brantley, proprietário da Oconee River logging LLC, na Geórgia, tem operado um 620E equipado com EHS desde o início de março. Arrastando nove toneladas métricas (10 toneladas curtas) em terreno plano, a máquina é capaz de funcionar com um motor durante a maior parte do tempo e o consumo de combustível é positivamente afetado em cerca de 20 l/h com muito pouco tempo de marcha lenta do motor. Relativamente ao 620E, ele diz: “A Tigercat ouviu o que queríamos e o fabricou. É o melhor equipamento já lançado no Canadá”.