Skip to content

BTB 38: A Bluewood compra a 250ª máquina da Tigercat na Austrália

A Tigercat vendeu a sua primeira unidade na Austrália (que foi também a primeira máquina da Tigercat vendida fora da América do Norte) a Kevin Morgan, no início de 2000.

— Glen Marley, representante de vendas na Australásia e no sudeste asiático

Kevin também comprou a 50ª e 100ª unidades vendidas na Austrália. O grupo de empresas Kevin Morgan possui atualmente 24 máquinas Tigercat e continua sendo um excelente apoiante. No início de julho de 2014, a Tigercat vendeu a sua 250ª máquina na Austrália — um feller buncher 860C equipado com o novo disco de corte de feixe 5300.

O 860C com o novo disco de corte de feixe 5300 tem uma vantagem em relação ao cortador em plantações de talhadia.

O 860C com o novo disco de corte de feixe 5300 tem uma vantagem em relação ao cortador em plantações de talhadia.

Clint e Sharon Rayner compraram a máquina. Eles são proprietários da Bluewood Industries Pty Ltd (oficialmente conhecida como Albany Timer Services), sediada em Albany, na Austrália Ocidental. A empresa de Clint e Sharon é um empreendimento familiar típico de exploração florestal. O casal começou em uma indústria totalmente diferente (movimentação de terras) e descobriu muito cedo que flexibilidade e resistência a adversidades seriam as chaves para o sucesso. Como recorda Clint: “A Albany Timber Services foi registrada no final de 2004 e começou suas operações de colheita em janeiro de 2005, assinando inicialmente contrato com as Great Southern Plantations na região de Albany para uma produção anual de 80.000 toneladas métricas de Eucalyptus globulus, mais conhecidos como eucaliptos”.

A Albany Timber Services forneceu uma metodologia de colheita e transporte de troncos inteiros para a beira da estrada para as Great Southern Plantations. Durante os três anos seguintes de operação, a empresa assegurou um aumento de tonelagem, resultando no arranque de uma segunda equipe em 2008 para a produção anual combinada de 240.000 toneladas métricas. A Albany Timber Services assinou um contrato exclusivo com as Great Southern Plantations até janeiro de 2010, quando a empresa entrou em falência.

Clint e Sharon Rayner celebram a compra do seu novo 860C, a 250ª máquina da Tigercat na Austrália.

Clint e Sharon Rayner celebram a compra do seu novo 860C, a 250ª máquina da Tigercat na Austrália.

Uma reputação sólida de qualidade e confiabilidade permitiu a Clint e Sharon negociar alguns compromissos de curto prazo com outras empresas. “Entre março de 2010 e janeiro de 2011, concluímos vários projetos de curto prazo de produção de toras para a Australian Plantation Export Company. Essa produção variou entre 220 e 550 toneladas métricas por dia. Também os ajudamos a coletar dados enquanto eram efetuadas colheitas de plantações de talhadias de segunda rotação mal gerenciadas”, afirma Clint.

No meio de 2010, a Gunn’s Ltd se tornou a nova entidade responsável pelo regime de investimento gerido pela Great Southern Plantation. O problema era que a Gunn’s estava procurando picagem em campo e a Albany Timer Services fornecia toras descascadas com seis metros. “Começamos uma pequena operação de exploração de madeira para a Gunn’s em outubro de 2010”, afirma Clint. “No entanto, pouco depois, convertemos nossos sistemas de corte de toras em dois sistemas de picagem em campo com uma produção mínima de 220.000 toneladas métricas por ano.”

Um sistema utilizava processamento em beira de estradas para armazenar e alimentar um equipamento de picagem independente. O outro sistema usava um processador e um equipamento de picagem suportados por um feller buncher e skidders. Apesar de Clint e Sharon terem sentido um segundo revés quando a Gunn’s começou a operar por administração voluntária em setembro de 2012, a empresa tinha iniciado serviços de colheita e transporte de toras para a beira da estrada com a Australian Bluegum Plantations em janeiro de 2011 e continuou fornecendo numerosas metodologias no formato de corte e picagem. Os requisitos atuais de produção se encontram entre 1200 e 2000 toneladas métricas por dia.

A Bluewood Industries opera um par de skidders 630D.

A Bluewood Industries opera um par de skidders 630D.

“Trabalhamos juntamente com a Australian Bluegum Plantations para melhorar a eficiência e a qualidade operacionais”, explica Clint. “Um desenvolvimento recente é a tecnologia de barra de pulverização de químicos durante a colheita para erradicar a necessidade de pulverizar tocos após o evento. Não somente isto permite um processo mais oportuno, como, até agora, tem apresentado um aumento significativo na eficiência da taxa de morte dos tocos.”

Foi nesta época, em agosto de 2012, que Clint e Sharon compraram o seu primeiro skidder 630D Tigercat. Eles estavam procurando confiabilidade, produção e flexibilidade adicionais, bem como custos de corte de madeira reduzidos. Logo que Clint viu os resultados impressionantes do skidder Tigercat nas suas operações, ele comprou o seu primeiro feller buncher Tigercat, um 855C equipado com uma tesoura de corte de feixe da série 2000 e uma cruzeta de 340 graus.

Após verificar as suas opções e visitar a fábrica da Tigercat no início deste mesmo ano, Clint decidiu apostar no novo disco de corte de feixe 5300 instalado na 250ª máquina, um feller buncher 860C. Esta compra está permitindo que ele compare as duas máquinas por completo. Clint sugere que ambas as máquinas são extremamente boas no que fazem e que ambas têm seus pontos fortes. A serra a disco tem uma vantagem distinta nas plantações de eucaliptos de talhadia que a empresa cortará em torno da região de Boyup Brook durante os próximos anos. Após o 860C, a empresa adquiriu rapidamente um segundo skidder 630D, e Clint continua impressionado com as máquinas e o apoio ao serviço da Onetrak, distribuidora da Tigercat na Austrália.

O 855C equipado com a tesoura de corte de feixe 2000. A tesoura tem custos de manutenção baixos e é altamente produtiva em plantações de troncos únicos.

O 855C equipado com a tesoura de corte de feixe 2000. A tesoura tem custos de manutenção baixos e é altamente produtiva em plantações de troncos únicos.

Recentemente, a Albany Timber Services alterou o seu nome para Bluewood Industries Pty Ltd, uma vez que a empresa se mudou para serviços de picagem em campo fora da região de Albany. A Bluewood começou uma operação de picagem completamente nova em junho de 2014, contratando a Western Australian Plantation Resources (WAPRES) e operando em torno da região de Bunbury na Austrália Ocidental.

Com esta expansão, a Blueewood comprou uma operação de picagem de cavacos existente da WAPRES. No processo, Clint e Sharon adquiriram duas máquinas Tigercat com oito anos: um skidder 630C com 14.000 horas e um buncher do tipo dirigir até a árvore 724D com a capacidade exclusiva de operar uma tesoura de corte de feixe da série 2000 para plantações de troncos únicos ou um disco de corte de feixe 5600 para uso em plantações de talhadia.

Clint reflete que as especificações dos cavacos têm evoluído continuamente ao longo do tempo, devido a alterações na tecnologia da fábrica e aos diferentes requisitos dos clientes. “É importante não nos concentrarmos apenas na mudança, mas sim no fato de que é mais uma contribuição para a nossa história. Somos capazes de fornecer especificações alternativas, aumentando assim a margem potencial no nosso mercado. Os empreiteiros e as empresas de colheita devem ser inovadores e proativos no desenvolvimento de processos que melhoram a sua posição global no mercado.”

A Bluewood Industries tem o orgulho de fornecer um serviço excelente aos seus clientes criando relações de trabalho estáveis. “Qualidade, produtividade, consideração ambiental e um ambiente de trabalho seguro e neutro aos nossos trabalhadores são apenas algumas das nossas responsabilidades”, afirma Clint. A Tigercat e a Onetrak têm o prazer de se relacionar com uma empresa tão profissional e avançada.

Kevin Morgan, Gary Olsen (representante de vendas internacionais da fábrica) e Glen Marley (representante de vendas na Australásia e no sudeste asiático) em 2013, em frente à máquina original na Austrália, um 845B, comprado por Kevin em 2000.

Kevin Morgan, Gary Olsen (representante de vendas internacionais da fábrica) e Glen Marley (representante de vendas na Australásia e no sudeste asiático) em 2013, em frente à máquina original na Austrália, um 845B, comprado por Kevin em 2000.