Skip to content

BTB 51: Relatório do protótipo 568

Os representantes da Tigercat, juntamente com um grupo de clientes australianos, fizeram a viagem para Meadow Lake, Saskatchewan, em agosto, para dar uma olhada no protótipo do cabeçote de colheita 568 comprado e atualmente sendo testado pela Brander Enterprises.

O protótipo tem mais de 1.500 horas neste verão.

Os representantes da Tigercat, juntamente com um grupo de clientes australianos, fizeram uma viagem até Meadow Lake, Saskatchewan, em agosto, para dar uma olhada no protótipo do cabeçote de colheita 568 comprado e atualmente sendo testado pela Brander Enterprises. Allan Brander e seus filhos Kris e Jamie estiveram testando a máquina durante o verão em estreita colaboração com a Tigercat e com o distribuidor da Tigercat, Redhead Equipment.


O protótipo do cabeçote de colheita 568 Tigercat


O cabeçote está operando principalmente em álamos e abetos de galhos grandes, oferecendo uma boa arena para testar a eficácia de desgalhamento do cabeçote, medir a qualidade e a capacidade para vários troncos de madeira de lei. O Tigercat 568 foi projetado para ser um cabeçote de colheita robusto e de alto desempenho para carregadeiras de esteiras. É ideal para aplicações para processamento em beira de estrada, particularmente em madeira resinosa alta e reta ou madeira de lei com poucos galhos. Braços da faca cronometrados e braços de roda triangulados permitem que o operador retire rapidamente da pilha e mantenha contato positivo com a árvore ao alimentar. A faca frontal flutuante e a faca traseira fixa garantem um desgalhamento de boa qualidade. As rodas de medição de via única ou dupla com um design de braço móvel de rotação horizontal, juntamente com a medição de comprimento de fluxo prioritário, proporcionam uma precisão de comprimento superior.


A família Brander era a candidata ideal para o teste, com base não apenas nas aplicações variadas e difíceis de processamento que enfrentam diariamente, mas também em sua disposição de trabalhar com a equipe de engenharia e suporte de produtos da Tigercat, e fornecer feedback valioso.


O sistema de colheita da Brander é típico em Saskatchewan. O estágio de corte é realizado com um feller buncher de esteira. Os caules cheios são deslizados para a beira da estrada, onde o processamento é realizado usando colheitadeiras de garra única. Devido à difícil forma do caule e à mistura de madeira de lei e madeira resinosa, os cabeçotes de colheita Tigercat 575 são excelentes na aplicação há muitos anos e os Branders operam várias unidades equipadas em carregadeiras da série 855.


 

Um grupo de visitantes na frente de uma máquina Tigercat.

O grupo de viagem australiano com a Brander Enterprises em Meadow Lake, Saskatchewan.


Os visitantes australianos incluíram Ricky Leeson (diretor administrativo) e Dean Gardiner (gerente de colheita), Leesons Logging & Cartage; Matthew Thomson (supervisor de campo) e Peter van den Hoogen (oficial de treinamento), LV Dohnt & Co; e Hendrik Visser, gerente regional da Onetrak na Austrália Ocidental. Todos os envolvidos, incluindo os representantes da Tigercat e Chuck Miles, especialista em vendas florestais da Redhead Equipment em Saskatchewan, apreciaram a troca de informações e idéias que ocorreram durante a viagem de dois dias a Saskatchewan.


Como uma empreiteira de colheita altamente inovadora, a Brander Enterprises não foge das novas idéias. Um dos destaques do dia da visita de campo para Peter van den Hoogen foi a oportunidade de cortar as primeiras árvores com o novo feller buncher 855E de demonstração da Redhead Equipment, equipado com um disco de corte de feixe de coluna dupla 5300. Atualmente, a Brander possui um feller buncher 845D equipado com um cabeçote 5300 – o primeiro a ser vendido no país. Com uma grande quantidade de madeira de pequeno diâmetro presente nas plantações mistas de Saskatchewan, a capacidade de acumulação extra aumentou a produção em relação aos bunchers da série 870 equipados com cabeçotes 5702 (serra de coluna dupla simples) da Brander.


Curiosamente, descobrimos que Peter dirigia um feller buncher 620 Koehring, provavelmente o primeiro na Austrália, na década de 1980. O 620 foi construído em Brantford, Ontário e o presidente da Tigercat, Grant Somerville, liderou a equipe de design original. Como o primeiro feller buncher de esteira construído especificamente para esse fim, este foi um divisor de águas para a indústria e precursor de grandes coisas que vieram.

 

Feller buncher 855E Tigercat equipado com o disco de corte de feixe 5300

Peter van den Hoogen corta as primeiras árvores com o novo feller buncher 855E de demonstração da Redhead, equipado com um disco de corte de feixe 5300 com coluna dupla.

 



Quer ler mais artigos relacionados à extração madeireira e florestal? Visite os links abaixo para obter mais informações da Between the Branches.