Skip to content

BTB 46: História oral

Mais lembranças dos primeiros anos da Tigercat.

A célebre disputa de skidders

Estávamos em um festival florestal em Winnfield, Louisiana. O pessoal da Caterpillar veio ver nosso 630, todos eles vestindo suas camisetas creme e se gabando que o 545 deles ia deixar o nosso 630 para trás. Então nós os desafiamos. Entrei no 630 e dirigi até onde eles tinham um concurso de skidders. Pegamos a mesma tora e o vendedor da Cat acenou a bandeira. Eu tinha travas diferenciais, a garra baixa e interna e a lâmina baixa. O rádio tocava a música “The Way You Love Me”, de Faith Hill. Alcancei o pedal hidrostático, mas não movi a tora nem senti nada. Quando olhei pelo vidro de trás, vi que o 545 estava em posição vertical, quase como uma nave espacial! Ele começou a girar a máquina da esquerda para a direita, como se estivesse atolado na lama, mas a parte dianteira estava no ar. Pensei que ele fosse dar marcha à ré, então pressionei o pedal para ir para frente. Quando fiz isso, a parte dianteira dele atingiu o solo e o pé dele deve ter escorregado do pedal do acelerador. Então, voltei para o pedal hidrostático e comecei a pressioná-lo para trás. Minha intenção era de arrastá-lo pela feira, mas depois de 15 metros ele abriu a garra para liberar o 630 e acabar com o constrangimento. O ganhador receberia US$ 1.000, mas todos os vendedores da Caterpillar sumiram e não ganhei um centavo! Cerca de 200 lenhadores estavam assistindo.

– David Long, especialista em vendas, B & G Equipment e defensor da Tigercat por muito tempo

A célebre disputa entre o skidder Tigercat e o Skidder Cat. Festival Winnfield Forest, Winnfield Louisiana. 29 de abril de 2000

 

Untested Prototype Cuts Trees at DEMO 2000

Protótipo do feller buncher L830 da Tigercat com um feixe de árvores no cabeçote de corte.

Protótipo do feller buncher L830 da Tigercat

Sempre confiante, a Tigercat comprou um protótipo de feller buncher L830 sem teste para a exposição de Kelowna no ano 2000. Ele foi operado em um terreno muito inclinado, na frente de milhares de pessoas, durante todo o primeiro dia da exposição. Tudo estava correndo muito bem e o pessoa aqui estava bem impressionado. Até o fim da tarde, quando o acoplador entre o motor e as bombas apresentou defeito, deixando a máquina encalhada no mesmo lugar que essa foto foi feita, a cerca de 200 metros da beira da estrada. Um grupo de membros dedicados da equipe da Tigercat foi até o local na montanha naquela noite e ficou até tarde trocando a peça enquanto todo mundo estava se divertindo em Kelowna. Deu o maior trabalho tirar as bombas naquela elevação, no escuro. Eles acabaram trocando o acoplador por um do concorrente!

Artigos relacionados