Skip to content

Apresentação dos simuladores Tigercat

À medida que a divisão de corte no comprimento da Tigercat apresenta novos produtos e inovações, a necessidade de soluções de treinamento mais avançadas cresce.

Em março de 2021, a Tigercat firmou uma parceria com a CM Labs Simulations para desenvolver uma série de simuladores que replicarão a funcionalidade e o comportamento dos forwarders e dos harvesters de rodas Tigercat. O simulador do harvester de rodas foi o primeiro a ser concluído.

Por que um simulador?

Há muitos benefícios em usar um simulador, não somente para treinamentos, mas também para ajudar os empregadores a selecionar potenciais funcionários. As empresas podem avaliar como um operador executará e usará as informações atribuindo tarefas a ele.

Os operadores podem ser treinados em um simulador sem medo de danificar o equipamento, portanto, podem experimentar diferentes técnicas e tentar novos métodos com segurança e sem riscos. Além disso, ao treinar em um simulador, os outros equipamentos não saem de operação, o que atrasaria a produção. Quando os operadores recebem treinamento prático no simulador, os níveis de produtividade inicial ao fazer a transição para máquinas reais são mais altos, reduzindo assim os custos de inicialização.

Como funciona

Os simuladores Tigercat têm três telas, uma plataforma de movimento, e todo o software e hardware de controle de máquina da Tigercat. O software do simulador se comunica diretamente com o software de controle da máquina Tigercat, ou seja, os controles são idênticos a uma máquina real. Todos os ajustes que podem ser feitos na máquina também podem ser feitos no simulador, o que ajuda a ensinar aos operadores não apenas as habilidades motoras, mas os efeitos desses ajustes.

Os simuladores Tigercat são equipados com um assento real, incluindo todos os controles, o sistema de controle do computador da máquina, bem como o sistema de controle do cabeçote de colheita no simulador de harvester. A transição do ambiente virtual para o real é muito fácil.

Jon Cooper, vice-presidente da Tigercat para sistemas de corte no comprimento, explica: “A introdução do simulador Tigercat fornece aos distribuidores uma ferramenta de treinamento valiosa que pode reduzir os custos significativos de inicialização do uso das máquinas. O uso do simulador para ensinar habilidades operacionais em ambientes realistas permite que os novos operadores comecem a operar máquinas reais com níveis de produtividade muito mais altos desde o início. Isso pode aumentar o rendimento da produção e evitar danos caros à máquina”.

 

O simulador Tigercat é equipado com um assento real, conjuntos de controles e o sistema de controle de computador da máquina para treinamento avançado do operador.

CM Labs: www.cm-labs.com